"Deixa que a vibe da sua alma flutue pela melodia da vida sem medo, sem pressa, sem desvios..."
Home · Faq · Ask · Insta · Minha · Pequena
Love, faith and courage.
Eu faço tudo ao contrário.

O Diário de Anne Frank.  (via quase-heroi)

pilhas e pilhas de jornal
velhos como a minha alma
notas psicografadas pelo tempo
pílulas diurnas de mofo literário
minhas memórias, nossa história.

e o corpo se mantém encurvado sobre a mesa
e a pupila dilatada sobre a seção de cinema
nossa sala preferida, o belas artes à direita
os cabelos com um nó e um lápis enfiado
você se lembra das nossas tardes?

agosto é mês de comemorações
dos nossos vícios tão ilícitos
do nosso primeiro beijo carnal
do sexo despretensioso no sofá
troca-troca de noticias habitual.

e hoje meu desafio de continuar
em meio à tantas lembranças escritas
sem ter teu corpo mais por perto
apenas nas entrelinhas da narrativa
na fumaça desenhista e solta no ar.

eu não posso te respirar, te trago poeticamente num delírio diário e passageiro, todos os dias às 7 da manhã.


Elisa Bartlett em "Baseado Literário" (via oxigenio-dapalavra)

Seja o amor que você gostaria de ter.

França 1997  (via felicidadeadois)

Era coisa boba, mas me fazia muito bem. Acalmava o coração.

Nick (via conclui-r)


FUTURASUICIDA ©